quinta-feira, 26 de maio de 2011

Vamos viajar?

Finalmente sacundindo a poeira e reativando o blog. Hoje faz 3 semanas que voltei para o Brasil e me sinto muito feliz aqui.

Como não sou mais Au Pair, voltarei a postar sobre minhas experiências de viagem. Não são muitas, mas acho que podem render alguns posts com dicas e histórias. A minha primeira ida ao exterior definitivamente foi muito glamurosa. E não pensem que gastei rios de dinheiro para isso. Decidi viajar quando estava no último semestre da faculdade - isso foi em Novembro de 2009. Ao invés de fazer baile de formatura, optei por esse mochilão. E adivinhem para onde? Europa! Pra quem até então só tinha como experiência no exterior uma viagem de compras ao Paraguai, até que esse foi um bom começo. E a melhor parte: gastei o mesmo - se não menos - que gastaria numa formatura com jantar, vestido e baile. Incrível, não?

A ideia surgiu numa noite de domingo, enquanto conversava com meu amigo Rodrigo pelo MSN. Ele estava pesquisando promoções de pacote para Europa na CVC e comentou comigo. Nesse momento comecei a sonhar! Caramba, minha cabeça já estava na Europa. No dia seguinte fui até uma agência da CVC e fiz alguns orçamentos. Sim, meu sonho era possível de realizar. Até o final daquela semana tínhamos o pacote fechado: Paris e Londres! O preço era camarada e incluía hotel em Paris. Londres seria por nossa conta. Como eu tinha um amigo morando lá, ficamos na casa dele - o que acabou tornando a nossa trip ainda mais em conta. Tínhamos 10 dias de viagem, então resolvemos incluir Bruxelas no nosso roteiro.

Nem preciso dizer que realizar este sonho foi uma das coisas mais memoráveis da minha vida. Tudo o que planejamos deu certo. Conhecemos lugares incríveis e voltamos com lindas fotos, boas histórias e recordações. Acho que a melhor dica que posso dar é: planeje sua viagem com antecedência. Cada detalhe: estadia, lugares para conhecer, quanto dinheiro levar, como vai se locomover no seu destino... enfim. Tudo! Essa viagem começou a ser plajenada em Novembro de 2009 e o embarque foi em Março de 2010. Esses 4 meses até as tão esperadas férias foram de muita pesquisa, economia e ansiedade, é claro.

Esse post é só uma introdução. Nos próximos contarei mais detalhes curiosos e dicas de quem contou moedas para viajar. :) Espero que gostem.


Torre Eiffel

Museu do Louvre


Champs Elysees, a avenida mais charmosa de Paris!

Grand Place - Bruxelas, Bélgica.


Londres. Ao fundo, o Parlamento Inglês.


quarta-feira, 6 de abril de 2011

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Enjoying!

Esta mais do que na hora de atualizar meu blog. Falta um mes para voltar para casa e tenho tentando aproveitar esses ultimos momentos aqui da melhor forma, apesar da ansiedade. Acho que tenho vivido com a cabeca mais no Brasil do que aqui, mas nem por isso tenho deixado de aproveitar as oportunidades que surgem de curtir coisas que soh posso usufruir nos EUA.

Uma delas eh o Rancho San Antonio. Esse lugar maravilhoso fica aqui pertinho de casa. Desde que o descobri, virei frequentadora assidua. Um dia desses resolvi levar a minha camera para compartilhar um pouco dessa beleza aqui no blog. Assim ja aproveito para fazer alguns comentarios sobre os habitos dos moradores da California.

Como muitos devem saber, o povo americano tem fama de ter maus habitos alimentares, vida sedentaria, etc e tal. O que posso dizer eh: nao eh isso que vejo aqui na California. Talvez por que este seja um dos estados com o maior numero de imigrantes (o que mais se ve eh chines e indiano). Entao o que posso dizer eh que nesse pedacinho dos EUA, as pessoas sao muito preocupadas sim com a saude, com o corpo e com os alimentos. Chega a ser exagerado. Eles sao doentes por comida organica. Tudo eh organico. As academias estao sempre socadas. Faca chuva, frio ou faca sol. Eu sei disso porque um dia desses fui para a academia me achando a pessoa mais esforcada do mundo, ja que estava chovendo horrores e um frio do cao. Mas qual nao foi a minha surpresa quando chego na YMCA e nao encontro nem vaga para estacionar! E, como ja era de se esperar, o Rancho San Antonio tambem esta sempre cheio. Vale a pena dar uma olhadinha nas fotos.










Meu sonho eh ter uma arvore desses no quintal de casa. :)




Aloooonga!

quarta-feira, 9 de março de 2011

Encerrando uma etapa.

Ha quase duas semanas tomei uma decisao muito importante e quero compartilhar com todos aqui pelo blog. Decidi desistir do programa de Au Pair e voltar para o Brasil. Pensei, repensei e resolvi voltar. Considerei tudo antes de optar por isso e, colocando os sentimentos na balanca, vi que a saudade prevaleceu. Desde que cheguei aqui nao me sinto completamente feliz. Acredito que tenha deixado transparecer em alguns posts (se nao em todos) essa minha angustia e vontade de voltar. Descobri que viajar para o exterior eh bom, mas como turista. Nao para morar, muito menos para ser Au Pair.
Nao me arrependo de forma alguma de ter vindo, arriscado. Intercambio foi sempre um sonho pra mim e agradeco a Deus por ter tido essa oportunidade. Vim, provei tudo o que ha de melhor e tudo o que ha de pior nessa vida no exterior. Tive momentos intensos aqui e vou carregar essas lembrancas para sempre. Volto pra casa encarando muitas coisas de forma diferente. Vir pra ca foi uma mudanca brusca. Deixei meu trabalho, minha vida estavel e vim na cara e na coragem. Agora volto para o Brasil na cara e na coragem tambem. Recomecar! Novo trabalho, novos desafios. Mas antes de tudo, vou me dar ao luxo de tirar umas ferias. Curtir minha familia, meu namorado, minha casa... to tao ansiosa! Hoje comprei a passagem. Embarco dia 05 de maio. Parece que esses 2 meses serao uma eternidade pra mim.
Sei que muitas meninas que pensam em ser Au Pair leem esse blog. O que posso dizer eh: nao desistam. Nao vivam na duvida do “Se” eu tivesse tentado. Venham, deem a cara a tapa. Se voces sentem que esse eh o momento, eh soh se jogar. Como disse antes, intercambio sempre foi um sonho, mas em outro momento da minha vida. Quando isso se concretizou, ja nao estava tao certa se era o que eu queria. Mas mesmo assim estou aqui.
Ah, ficarei mais 2 meses ate a nova Au Pair chegar. Foi o pedido que a minha host fez quando eu disse que queria voltar para o Brasil. Aceitei. Nao me sentiria bem em nao ajuda-la. Vou tentar aproveitar esse tempo que me resta aqui da melhor forma possivel. Tento controlar a minha ansiedade pensando que tenho tao “pouco” tempo aqui e o resto da minha vida no Brasil. Mas essa tecnica nem sempre funciona.
Mesmo voltando para o Brasil, pretendo continuar com o blog. Afinal, a volta ao mundo continua. ;)

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Pets

Esse post eh especial e soh quem tem e gosta de animais de estimacao vai me entender. Eu sou simplesmente apaixonada pelos meus fofuchos e sim, sinto muita saudade deles. Minha host family nao tem pets e isso me entristece muito. Sempre que vou na casa de algum amigo que tem cachorro ou gato, aproveito pra dar uns “amassos” no bichano. Como eles nos fazem bem! Tem coisa mais gostosa do que chegar em casa e ser recbida por essas fofuras peludas? Cheguei ate a procurar trabalho voluntario com animais aqui, mas infelizmente nao pude conciliar isso com os meus horarios.

O bem que os animais nos fazem vai muito alem da nossa percepcao. Acho ate que sao imprescindiveis. Eles sao inteligentes, amaveis, carinhosos. Sempre tivemos cachorro em casa, desde que me entendo por gente. Gatos eu nao gostava muito. Tanto que quando o nosso primeiro gato chegou la em casa, nao morria de amores por ele. Muito pelo contrario, ele me irritava profundamente. Todos os dias de manha estava na porta do meu quarto, de prontidao, esperando pelo leite matinal. Eu ia do quarto ate a cozinha com o chato do gato se enroscando na minha perna. Morria de raiva. Isso se repetiu durante 1 mes, mais ou menos. Ate que ele me venceu pelo cansaco e eu resolvi baixar a guarda. A partir desse dia, gatos passaram a ser minha paixao. Hoje temos 3 felinos fofos em casa: o Gordo (que eh o mais velho), a Flor e a Mingau.
Gordo, The Cat

Mingau e Flor


Alem deles, temos a Scheidy (que eh a vira-lata mais doce e carente que conheco), e a Lila, nossa coelha obesa. Ela destruiu o jardim da minha mae, mas mesmo assim nao tivemos coragem de dar ela pra ninguem. Ja eh de esimacao.
Scheidy, meu docinho

Lila

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Encontros e Despedidas

Sunset - San Francisco
Hoje foi um dia de despedida. Minha amiga Manu desistiu do programa de Au Pair e foi passar um tempo em Atlanta. Fui levar ela ao aeroporto e no caminho de volta fiquei pensando que daqui alguns meses todas as pessoas que conheci aqui tomarao o seu rumo. Assim como eu. Me bateu uma tristeza!

Quando se esta numa situacao como a nossa, longe de casa, da familia, acabamos nos apegando muito as pessoas. E acabamos nos abrindo muito mais para novas amizades. Sem elas seria quase insuportavel ficar aqui. Sao companheiras nas horas boas, nas horas de aflicao, na hora de reclamar de hosts (acreditem, reclamamos muuuuito rs). Eh uma vida que construimos aqui mas que tem prazo para acabar. Pensar nisso me causa uma sensacao estranha. Ao mesmo tempo que morro de vontade de voltar pra casa, sei que vou sentir falta daqui.

Outra coisa estranha eh que agora sempre relaciono aeroporto a despedidas e tristeza. Fiquei lembrando da minha despedida antes de vir pra ca. Como foi dificil! Nunca falei pra ninguem da minha familia, mas chorei de Navegantes ate Guarulhos, desesperadamente. As comissarias devem ter ficado com pena de mim.

Ah, completei 4 meses de intercambio esse mes. Mais 8 meses na vida de Au Pair. Aprendendo muito, lidando com muitos sentimentos e sempre com uma saudade imensa da minha familia e do meu amor.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Eu nao sou da sua rua...



Greenwich Park - Londres
  (...) Eu não sou da sua rua,
Eu não falo a sua língua,
Minha vida é diferente da sua.
Estou aqui de passagem.
Esse mundo não é meu
Esse mundo não é seu.


Marisa Monte


Trilha sonora. Tudo a ver com a minha realidade. Vou cantar pro povo daqui. :)